qualquer coisa
num verso intitulado mal secreto
 

7.8.06


[3:05 PM]

AGOSTO:

As Amigas (Michelangelo Antonioni /1955)

Dublê de Corpo (Brian de Palma /1984)

Em Segredo (Jasmila Zbanic /2006)

Três É Demais (Wes Anderson /1998)

O Pântano (Lucrecia Martel /2001)

Julieta dos Espíritos (Federico Fellini /1965)

A Marca da Maldade (Orson Welles /1958)


O Homem Urso (Werner Herzog /2005)

Para Sempre Lilya (Lukas Moodysson /2004)

Faça a Coisa Certa (Spike Lee /1989)

O Grito (Michelangelo Antonioni /1957)

O Anjo Exterminador (Luis Buñuel /1962)

Deus e o Diabo na Terra do Sol (Glauber Rocha /1963)

A Concepção (José Eduardo Belmonte /2006)

Transamérica (Duncan Tucker /2005)

Violência Gratuita (Michael Haneke /1997)

O Clube da Lua (Juan José Campanella /2004)

Pergunte ao Pó (Robert Towne /2006)

A Lula e a Baleia (Noah Baumbach /2005)

Superman - O Retorno (Bryan Singer /2006)



 


é isso aí, bicho

 

 


[ eu ]

samuel lobo
24
brasil
 


[ leio ]

caderno do cinema
filmes do chico
mesmas letras
trabalho sujo
chip hazard
superoito
passarim
 
[ visito ]

cinética
ilustrada
cinema em cena
IMDb
 
[ estante ]

last.fm
twitter
rym
mail
 
[ arquivos ]

Novembro 2005 Maio 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Abril 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Setembro 2009 Outubro 2009 Dezembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Agosto 2010 Setembro 2010 Novembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Junho 2012